Busca

Pensar Para Variar

Categoria

Datas e Acontecimentos

13 Razões Opostas

Em momentos como esse em que a atenção de todos se volta especificamente para uma questão humana perturbadora, levantar pontos opostos faz sua parte à consciência coletiva, não para desviar a tônica relevante da questão, mas para neutralizar as energias agregando pontos de vista de esperança e amenizando o medo, a desesperança e o pessimismo que toma conta de nós.

Há muito tempo a pauta midiática não abordava um assunto tão sério e complexo, por isso não é minha pretensão discuti-lo nem trazer à tona os benefícios ou malefícios da série 13 Reasons Why.

Continuar lendo “13 Razões Opostas”

Anúncios

Menina, o que esse dia significa para você?

Hoje é dia da mulher, e falarei exclusivamente para elas. O que esse dia representa para você, de verdade?

É inegável que nossa geração já foi bastante afortunada e já recebeu desde que nascera direitos que a geração passada lutou muito para conquistar.

É indiscutível que temos hoje todos os atributos necessários para alcançar nosso sucesso profissional, viver ao lado de um companheiro de igual para igual, ser mães (imperfeitas, porque não?) e o que mais desejarmos ser e fazer na vida. Somos livres para fazer nossas próprias escolhas. Continuar lendo “Menina, o que esse dia significa para você?”

Como seria se você pudesse reconstruir a sua vida em 2017?

Como seria se você pudesse se reinventar ano que vem como a melhor versão de si mesmo(a)?

Como seria poder atingir a sua total potencialidade? Quebrar seus próprios bloqueios? Fazer, ser e receber muito além do que você jamais teria acreditado em apenas alguns meses?

Esses são apenas alguns dos efeitos que o programa Recalculando a Rota, da Alana Trauczynski – que hoje posso chamá-la de minha amiga –, ocasionou em mim ao longo de suas 12 semanas de curso.

Continuar lendo “Como seria se você pudesse reconstruir a sua vida em 2017?”

Fico daqui, observando de longe, vendo as movimentações das ondas de dores coletivas sendo expressas e chacoalhadas rapidamente como um redemoinho que passa e levanta o pó, para em breve se assentar novamente…
O mais dolorido é ver o vazio da dança desse pó… Notar como ele vai e vem, supérfluo, volátil, bases de areia… de essência efêmera. Pós que antes não eram ao menos visíveis, mas que configuram uma forma monstruosa ao ar… Por trás de tanta poeira, quem realmente se encontra lá?

Continuar lendo “Pó”

[ARTIGO] Repercussão de tragédias e geração de críticos

Dando uma pausa sobre a minha viagem, vou rever aqui um dos principais objetivos deste blog, que é repensar sobre as coisas. Luto muito pessoalmente para sair do meu piloto-automático e olhar as coisas com outros olhos, olhos de outra perspectiva, para que eu possa enxergar além e compreender o todo.

Não é fácil fazer isso, porque para isso temos que sair de nosso contexto, nos desapegar de várias crenças e exige prática constante.

Continuar lendo “[ARTIGO] Repercussão de tragédias e geração de críticos”

Ano Novo, Vida Nova

Quem nunca falou essa frase? Todo mundo quando um ano se finaliza acaba fazendo planos e prometendo para si mesmo que o ano novo que nasce será de alguma forma diferente. Isso acontece porque não conseguimos continuar o que começamos no ano presente, ou nem ao menos nos esforçamos para atingir os objetivos… que nos propomos no início do ano que passou, sem nem mesmo darmos conta disso.

Os meses voam, os anos passam, e muitas vezes continuamos do mesmo modo durante um longo período de tempo. À meia noite do dia 31 de dezembro de qualquer ano nós pedimos e planejamos às vezes repetidas coisas que fracassamos no ano anterior. E eu me pergunto, “até quando vamos continuar não nos levando a sério?”.

Continuar lendo “Ano Novo, Vida Nova”

Feliz Natal!!


rá!

E o circo chegou!

Nas esquinas, aglomerados de pessoas sorridentes te esperam e lhe entregam panfletos, bandeiras são esvoaçadas, carreatas passam parando o trânsito e… jingles por todos os lados. Alguém mais despercebido pode se perguntar “O circo chegou à cidade?” Mas não. Não é o circo. É época de eleição. Mesmo que nesses tempos modernos a linha que difere um termo do outro tenha se restringido bastante. Cada vez mais convenho com meus botões que Francisco Everaldo Oliveira Silva (mais conhecido como Tiririca), juntamente com o “Dedé” (dos já sepultados “Os Trapalhões”), Batoré, Pedro Manso e Ronaldo Esper não estão assim tão deslocados na posição de candidatos que exercem no momento.

Continuar lendo “E o circo chegou!”

LEAD 2 – A Fúria de Dunga

Por muitos chamado de “Zangado”, Dunga não dispensa este rótulo quando o assunto é a imprensa. Por vezes é impaciente com a mesma, dá respostas irritado e demonstra insatisfação por ver a cobrança como um empecilho para a excelência de seu trabalho. Mas neste domingo, dia 20, na entrevista coletiva após a partida “Brasil x Costa do Marfim”, Dunga extrapolou um pouco. Depois de ter xingado o atacante Drogba nos instantes finais do jogo, durante a coletiva o técnico interpelou o jornalista Alex Escobar em meio ao seu pronunciamento e, após o diálogo, começou a balbuciar xingamentos e palavrões ao jornalista sem saber que o áudio estava vazando.
Um episódio que repercutiu em todos os canais midiáticos e dividiu opiniões por todo o Brasil. No twitter, surgiu mais um “movimento” com, no lugar do tweet mundialmente conhecido hoje CALA BOCA GALVAO, a tag CALA BOCA TADEU SCHMIDT, que foi o porta-voz da notícia durante o Fantástico. Dunga safa-se, não pelo apoio incondicional dos torcedores à sua forma de comandar a seleção, e sim porque ele mais uma vez demonstrou que não faz questão de agradar à ninguém, nem mesmo à Rede Globo.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑