Depois de 4 semanas passadas na Turquia (e uma na Grecia), finalmente estou eu aqui na Italia!! Parece como um sonho, e que nao acordei ainda. E devo confessar que so’ de passar da lingua turca para o lindo som do italiano ja valeu a pena!
Vim dizer algumas coisas que descobri depois que cheguei:

Descobertas italianas

– Pessoalmente, eu ainda continuo gostando mais da pizza do Brasil… hehe (alias, estou começando a acreditar que de fato a culinaria brasileira e’ uma das mais gostosas e diversificadas do mundo). Mas e’ facil para eu dizer isso, ja que tudo e’ uma questao de gosto e costume. As pizzas italianas sao de massas mais finas e crocantes, com pouco recheio. O presunto e’ uma fatia grande e inteira cru (nao defumado), e o recheio realmente nao tem mais que dois ou tres ingredientes.


– Na verdade o que deveria ser especialidade indiscutivel italiana e’ o sorvete, gelatto, que inexplicavelmente e’ bem melhor.
– O vinho nao existe ‘doce’ nem ‘seco’, na verdade so’ existe dois tipos de vinho: tinto ou branco. O que muda tudo sao os tipos das uvas.
– Eles nao colocam ketchup na pizza de maneira alguma, eles falam que e’ como um pecado para a pizza, que estraga o seu sabor.
-Totalmente o inverso da Turquia, aqui alem de eles terem um tipo de ‘bide’ (e’ como um vaso com uma torneira totalmente mirada para onde voce esta pensando mesmo), cada um na casa tem a sua propria ‘toalinha’ para depois do uso. hehe
-Eles falam Ciao (“tchau”) para Oi e tchau! – e’ diferente… eu nao sabia! Como saber quando a pessoa esta te despachando ou te saudando?
-Os homens sao mais limpos que na Turquia, e outra vez totalmente o inverso, eles fazem a sobrancelha, enquanto os da Turquia deixam ate o bigode dar uma enroladinha na ponta.
-Os predios antigos de moradias nao tem garagem (porque sao antigos, e antigamente usava-se carruagem) e os carros ficam estacionados na rua mesmo.
-A carne continua sendo bem melhor no Brasil, porque aqui o “bem-passado” e’ quando a carne começou a trocar a cor vermelha por dentro e eles nao temperam a carne antes.
-Aqui – como na Turquia – eles nao comem as comidas juntas no prato igual almoçamos no Brasil, aqui eles fazem em tres etapas: primeiro e’ o ‘primeiro prato’, que normalmente e’ uma sopa ou um macarrao, depois o ‘segundo prato’, que e’ a carne e depois ‘terceiro prato’ que normalmente e’ salada ou batatas.

Confusoes da minha cabeca:

-Quando cheguei a primeira coisa que queria fazer era tirar o sapato pra entrar dentro de casa.
-Vi algumas freiras de costas no trem e pensei instantaneamente que eram mulheres de burca, e so’ depois fui pensar Italia = freiras.
-Toda vez que vou comprar algo ou peço alguma informaçao, sempre no final eu ja quero mandar um “techekkur eiderim”, que e’ obrigada em turco. (Eu realmente fiz isso uma vez)
Va Bene, va bene!

Anúncios