“Festa estranha com gente esquisita, eu nao to legal”…
Chegamos na Grecia ontem com o voo internacional mais curto que existe (35 minutos)! Seis brasileiras, perdidas em Atenas. Depois de varios metrôs, guias e mapas conseguimos chegar no nosso hostel. Uma gracinha o hostel! Mas foi uma pena termos chegado logo quando comecou a chover aqui em Atenas.
Nao deu pra sair de casa a tarde, entao na verdade nao conhecemos nada da cidade ontem porque onde ficamos eh um lugar um pouco afastado de tudo – dos pontos turisticos – e nem dava a sensacao direito de que estavamos realmente em Atenas!
Entao a gente nao queria que o dia todo fosse em vao e resolvemos compensar isso conhecendo a vida noturna daqui – soh mesmo por interesses culturais. Nao tinhamos a minima ideia de algum lugar pra ir, entao perguntamos para o dono do hostel se ele nos indicava alguns. Acontece que todos que ele falava ou era longe demais e barato, ou era perto e caro. E nos precisavamos de um que fosse realmente ambas as coisas. Quando pensavamos que nao iamos fazer nada e ficar em casa mesmo, conhecemos um casal de canadenses que estao hospedados aqui tambem e no meio da conversa eles dizem, “ei, estamos indo para uma festa universitaria mais tarde, perto daqui… DE GRACA!”.. Acho que voces ja devem adivinhar pra onde a gente foi ontem.
Topamos logo de cara de irmos junto e la fomos nos, pegar um onibus pra chegar ate essa festa… – descobri que aqui a gente soh paga metrô, onibus se quiser! Iewi! – Isso porque achavamos que iamos a pe. Mas tudo bem, eh de graca, festa grega universitaria, indo com um casal de canadenses super simpaticos que tinham as bochechas rosadas naturalmente, o que poderia dar errado? Bom, tudo! Quando chegamos no local da festa era pra ser uma faculdade mas nao era absolutamente NADA parecido com uma faculdade!! O lugar parecia abandonado, porque tinha pixacoes nas paredes inteeiras e pessoas sentadas no chao fumando, sem nenhum sinal de musica e isso porque ainda nem era o LUGAR da festa. Eu tentava convencer a mim mesma “mas nao sao rabiscos, sao como arte, pixacoes de arte!..” (depois descobri que era uma faculdade de arte) mas nada disso funcionava. Porque a gente foi entrando, entrando, fomos ouvindo um som horroroso e fiquei decepcionada quando descobri que aquele som vinha do lugar pra onde eu realmente estava indo. Era em um galpao, tipo um estabulo que nao tinha mais as coisas dos cavalos, e tudo estava escuro e as pessoas nos cantos fumando, e aquele som terrivel macabro vindo daquele galpao, e eu indo em direcao aquilo pensando “por favor nao seja uma ceita, por favor nao seja uma ceita” haha porque era exatamente isso que parecia!! Ja estava preparada pra quando eu entrasse dentro do galpao eu ia ver carne viva sendo oferecida, essas coisas que a gente ouve por ai… porque o som estava MUITO macabro, e as pessoas nao ajudavam em NADA, eles eram muuito estranhas. Entramos no galpao todas apertadinhas uma nas outras quase que pensando “ok, ja pisamos aqui, agora podemos ir embora”… La dentro tinha o palco na frente onde o dj estava com as suas luzes de neon e o seu terrivel equipamento de tortura (o som), e as pessoas nas sombras com seus blusoes de frio, capuz, tudo escuro, e como se isso nao fosse suficiente olho em volta e eis que um cara perto do bar coloca uma bandeira do IRAN na frente da mesa, e isso foi pra mim como um sinal “coorre negaaaada”… mas ninguem se moveu. Aquela musica satanica parecia que estava hipnotizando todos que estavam presentes, de modo que estavamos impossibilitados de nos mover. Ou nao estavamos pensando direito. Mas eh serio, se algum dia da minha vida que vivi que mais se parecia com o dia da minha morte, esse dia definitivamente foi ontem!! Talvez pelos filmes de terror que costumam ficar na nossa cabeca, toda hora eu imaginava alguem vindo com uma faca atras de mim me matando ou as pessoas virando zumbis. Enfim, caimos fora de la e na saida encontramos com outro grupo de canadenses que tambem estavam no nosso hostel que foram la soh porque nos chamamos, e voltamos todos de taxi e ficamos jogando conversa fora ate umas 3 da manha. Pelo menos nossa noite nao foi totalmente fracassada. No outro dia acordamos 9 da manha pra tomar cafe do hostel e depois, passear por Atenas!
Conhecer a real Grecia!
Depois conto como foi! 😉
Anúncios