Busca

Pensar Para Variar

Fração de Felicidade

Uma vez lhe falaram que alguém só pode estar feliz, e não ser feliz, por se tratar de um estado de espírito como outro qualquer, como estar triste.

Naquela noite, naquela festa, ela estava triste. Não que a essência dela combinasse com aquilo, na verdade estava sedenta por dentro de um fio sequer de alegria. O frenesi em sua volta apenas fazia evidenciar que algo estava errado dentro dela. Queria trazer o positivismo que ela já conhecia para fora, mas que estava ausente no momento, e aquela luta a enfraquecia. Vai saber. Às vezes o mundo pode ser pesado demais.

Continuar lendo “Fração de Felicidade”

Anúncios

O encontro de dois alfas

O encontro de dois alfas.

Decididos a não passar a vida em vão. Eram do mundo. Eram de todo mundo, mas não eram de ninguém. Eram de si mesmos.

Era impossível ignorá-los. Ela, a alegria lhe vinha naturalmente. Fazia parecer que era fácil ser feliz.

Ele, a confiança de quem sempre conquista o que quer. Para ele, era simples viver.

Continuar lendo “O encontro de dois alfas”

O que importa é voar

Eu saí de casa aos 18 anos, como muitos jovens do Brasil e ao redor do mundo. Criada em cidade pequena onde tudo que eu fazia era a pé ou meus pais me levavam, a primeira vez que fui voltar à minha cidade em um feriado, peguei minha mala, sem dinheiro, e liguei para minha mãe.

Eu disse: Preciso ir para a rodoviária, mas táxi fica mais caro do que eu tenho… O que eu faço?

Ela falou: Não tem ônibus que vai para a rodoviária?

Continuar lendo “O que importa é voar”

Leões

Te desafio a seguir com fé e manter aberto o coração.

A ser fiel a quem você é e a confiar em ti primeiro.

Mesmo quando o contratempo passa rasteiro.

Mesmo quando a hostilidade te pega na contramão.

O resto é apenas resto quando se tem clareza da sua intenção,

quando o seu propósito é verdadeiro.

Continuar lendo “Leões”

Centauro Arqueiro

Flexível sempre

Mas não sou fácil de domar

Não sou líquido que se molda ao recipiente

Sagitário ascendente em aquário, fogo e ar

Continuar lendo “Centauro Arqueiro”

Como se encontrar – Cap. I: Perder-se

Saiu de sua casa e bateu a porta sem olhar para trás. Deixou suas coisas, sua agenda e suas certezas. Saindo de sua própria vida, ele deixou para trás sua identidade, matando-se ali e ressurgindo-se, mais tarde, como o ser, que é.

Essa é uma breve história que acontece diariamente pelo mundo. Um suicídio de identidades cometido pelos mais corajosos e por aqueles que sentem-se sufocados pelo espaço que elas tomaram em detrimento ao seu ser essencial.

Continuar lendo “Como se encontrar – Cap. I: Perder-se”

Pássaro

Ela era um pássaro livre. Nunca esteve presa em uma gaiola, não nascera em cativeiro. Era fruto da natureza bruta, a qual a treinou bem e fez quem ela era. Tinha o céu inteiro para si e no passado desbravava-o com leveza e sem pressa, apreciando os raios de sol. Mas, naquele tempo, havia algo diferente. Voava baixo e, notava-se, com muito esforço para permanecer no ar. Batia as asas em passo irregular, como se essas não suportassem o seu próprio peso. E talvez fosse isso. Voava com sobrecarga.

Continuar lendo “Pássaro”

Carta aos meus erros

Dallas, 16 de outubro de 2017

Queridos erros e eventos desfavoráveis que me aconteceram no passado,

Gostaria de direcionar-lhes algumas palavras hoje. Vim em missão de paz. Ofereceria-lhes uma xícara de chá, mas, sendo bem franca, não gostaria que permanecessem mais do que o tempo devido. Certamente não cultivo nenhum afeto por vocês, mas devo-lhes meu respeito e admiração.

Continuar lendo “Carta aos meus erros”

Lar

Ele construiu ali o seu templo.

Não era uma casa com tijolos e telhado.

Mas era uma morada bem construída

Dentro do coração de outra pessoa.

Onde estivesse, não importava.

Se com ele carregava a sua casa.

Bens físicos? Desapegado.

Mas o seu verdadeiro lar era muito bem decorado.

Chegava com seus enfeites e o tomava cada vez mais para si.

Continuar lendo “Lar”

Blog no WordPress.com.

Acima ↑